Apple, Notícias

Apple: em 2023 não haverá este modelo de iPhone

apple iphone 14 iphone 14 plus 5up hero 220907 scaled CoopTec A Tua loja de Informática

O iPhone 13 mini deu lugar ao iPhone 14 Plus que tem vindo a revelar-se um fiasco de vendas para a Apple.

E ainda que possa existir uma quota de utilizadores que queriam ter nas mãos um iPhone 15 mini, mais compacto, os planos da Apple não passam por aí. Não haverá um iPhone 15 mini em 2023.

Fracas vendas dos modelos base estão a obrigar a Apple a repensar a sua estratégia

iPhone 14
Também na nova série iPhone 15, a Apple vai diferenciar os modelos base dos modelos Pro Crédito@Apple

O iPhone 13 mini não foi um sucesso de vendas. O seu substituto, iPhone 14 Plus, também não está a ter sucesso junto dos utilizadores. Devido a estes constrangimentos, a Apple está a ser obrigada a repensar a sua estratégia para evitar que o novo iPhone 15 passe pelo mesmo.

Já se sabe que a empresa Cupertino vai manter a opção de integrar as novidades mais desejadas nos seus modelos mais avançados do iPhone 15, mas será que vai fazer regressar um smartphone compacto ao seu portefólio?

De acordo com o LeaksApplePro a resposta é não. Não vai existir um modelo substituto do iPhone 13 mini. Depois de ter sido divulgado que o mini da Apple registou vendas superiores ao modelo Plus, alguns analistas avançaram que a Apple poderia retomar esse caminho.

Mas segundo o LeaksApplePro tal não vai acontecer. Ming-Chi Kuo, o conhecido analista, também não acredita que a Apple vá lançar um modelo mini em 2023.

Modelos mais avançados podem gerar mais receita

Uma coisa é certa. O iPhone 15 Pro e 15 Ultra vão chegar com todas as novidades e com um preço a refletir cada uma das especificações de topo. Mas a ver pelo sucesso do iPhone 14 Pro Max, cujo preço começa nos 1.499 euros em Portugal, esta estratégia está a surtir o efeito positivo desejado.

Muitos analistas afirmam que o sucesso do iPhone 14 Pro e do 14 Pro Max fica a dever-se ao fraco poder de compra dos utilizadores e à inflação. Pode parecer confuso, mas parece que os utilizadores estão a optar por fazer um investimento maior num smartphone mais avançado que só terá de ser substituído daqui a três anos.

Por outras palavras, o investimento de 1.499 euros é dividido pelos anos seguintes, durante os quais os utilizadores podem poupar para voltar a comprar um iPhone igualmente avançado.

E parece que em equipa que está a ganhar a Apple não vai mexer.

Editores 4gnews recomendam:

  • iPhone 15 traz consigo mudança de nome e outra novidade há muito aguardada
  • iPhone 15 pode dar prioridade a autonomia de bateria e não ao desempenho
  • Apple: iPad Pro com ecrã OLED chegam em 2024